sábado, 14 de fevereiro de 2009

Tempo






***********************************
Tempo que és sucessão eterna de instantes
Palavra na qual tudo cabe e em tudo se dilui
Preciosismo fugaz, mas nunca efémero
Que me levas a lutas permanentes
Por aquilo que meu ser não possui
Onde não conta a qualidade ou número

Tempo que existes impondo tua presença
Sem olhar a queixumes ou sorrisos
Que ora bafejas em hora de sorte
Ou matas quem não têm crença
Tua carruagem me leva a mil paraísos
Por caminhos de vida ou de morte

Tempo de hoje e de outrora
Que viste o meu nascer
Conduziste minha vida fora
Agora controlas a minha hora
Esperas meu tempo de fenecer
Mesmo assim não vais embora

Tempo que somas horas e minutos
Que não dás contas a ninguém
És mau para uma mulher bonita
Carrasco amável para muitos
Que não sentem o teu desdém
Pensando ter vida infinita

Tempo que tudo deves a alguém
Mas que guardas ciosamente
Tudo quanto te pertence ou não
Tempo que esbanjas no harém
Belezas que emergiram precocemente
Alimentadas com prazer e sem pão

Tempo maldito que me confundistes
Num longínquo dia de sol radioso
Quando embarquei naquele navio
E acompanhei colegas tristes
Envergando uniforme verde e sedoso
Em demanda pelo lugar do extravio

Tempo que tudo fizeste para me roubar
Vida que ousaste condicionar
Impediste meu ideal de sonhar
Contra ti lutei até sangrar
Mesmo debilitado em tremendo esgar
Consegui fugir e o caminho encontrar

Hoje mesmo só sinto-me feliz
Por não saber o tempo que tenho
Faça sol, chuva ou sopre um vento medonho
Aqui me encontrarás como um petiz
Cantarolando que o amor é um sonho
Mas sem medo de seres enfadonho


Participando em Tertulias Virtuais

25 comentários:

Eduardo P.L disse...

Linda poesia sobre o TEMPO.
Participação importante nesta TERTÚLIA onde todos os tempos serão tratados!

Obrigado por participar!

Ruvasa disse...

Vida, Eduardo!

Tempo intemporal.

Abraço

Ruben

Jorge C. Reis disse...

Sejamos assim optimistas.
Abraço

António Oliveira disse...

O tempo é bom, mas os pop-ups são uma perda de tempo.
Boa poesia.

Georgia disse...

Lindo o poema falando tao otimista sobre o tempo.

Gostei.

Bom domingo

ellen disse...

Bonito poema :)
Um abraço

expressodalinha disse...

O tempo é inesgotável para um poeta.

Serena Flor disse...

Belo poema o seu! Bela participação nesta Tertúlia...parabéns!
Bom fim de Domingo!

Conceição Duarte disse...

Olá amigo de Tertúlia do Tempo, sabemos que o tempo é tudo e nada! Abstrato e carrasco. Mas... lindo o poema.
Uma ótima semana, CON

Adelino P. Silva disse...

Eduardo, boa participação.
Tenha uma ótima semana.
Abraço.

Dulcineia disse...

Eduardo,
Obrigada pelo poema.
"Aqui me encontrarás como um petiz
Cantarolando que o amor é um sonho"

Gostei do optimismo e do empenhamento na alegria,o nosso estado independente, à revelia do tempo. E, é isso. Tudo é amor. Se calhar, o tempo,mais não é do que o amor que em tudo colocamos?
Um abraço

Serena Flor disse...

Fico feliz que tenha gostado da Tertúlia e mais ainda de ter gostado do meu "cantinho".
Obrigada por me linkar ok? Também estou levando teu link comigo.
Volte sempre que quiser, será muito bem recebido!Bjsarkne

Conceição Duarte disse...

Obrigada pela visita tão rica e importante para mim... Sou um bebê perto de vcs tão cultos e interessantes. Um beijo, CON

Dulcineia disse...

Olá Eduardo!
Obrigada pelos comentários e pela visita.
Percebo o que diz das contrariedades que nos fazem esquecer o riso. Mas tudo se treina e o yoga do riso é como se fosse um autêntico ácido corrosivo. Sem dar por nada, vamos mudando e concluíndo que "não rimos porque somos felizes, vamos sendo felizes porque vamos rindo... cada vez mais, por tudo e por nada"
A intenção daquele espaço seria tipo "aberto" para colocar questões, ajudar as pessoas a lidar com as frustrações, a ficarem menos deprimidas, aos casais vivenciarem melhores relacionamentos, por aí...
Não sei se será o formato certo...
Nestes dias, falarei sobre os três mitos que impedem de rir. Como há muitos blogs, vou tentar resumir ao máximo as ideías, colocando perguntas ao invés de afirmações e gravuras.
Qualquer sugestão é MUITO BEM-VINDA!
Sorrisos meus, para si!

Déia Arakaki disse...

Primeiramente Linda Poesia!!
Vim agradecer á presença em meu espaço mesmo que tenha sido "por acaso"

Um forte abraço

Luciana disse...

Lindo Post o seu tbm.
Mais que permitido,rs
Fique a vontade e volte sempre

Ana Paula Motta disse...

Gostei quando diz que o "o amor é um sonho", muito belos teus versos. Parabéns e obrigada pela visita.

Isabel Magalhães disse...

Vim espreitar...

Tinha que ser 'caranguejo'! ;)

Gostei do seu espaço e vou linkar.

[]

I.

Cris disse...

OI, Eduardo,

Vim te agradecer a gentil visita. Então és jornalista, portugues e do signo de caranguejo? 3 qualidades!

beijão.

Flavina disse...

Obrigada, Eduardo, por sua visita e tão delicado comentário. Adorei a sua poesia também.Fala com eprtinência sobre esse tempo que nos cerca e que muitas vezes nos deixa atarentados,rs.Abçs.
Flavina Maria

Gaspar de Jesus disse...

CARO EDUARDO SANTOS
Antes de mais peço desculpa pelo atraso.
Acontece que só hoje vi o seu gentil comentário.
Tenho consciência de que sei contar histórias usando "ferramenta" que uso, Fotografia. mas adorava escrever como o Eduardo escreve...!
Aceite os meus sinceros Parabéns.

"...Quando embarquei naquele navio, acompanhando colegas tristes, usando uniforme verde e sedoso..."
Ora aqui está uma experiência que também vivi.
Grande abraço
E mais uma vez peço desculpa pelo atraso.
Gaspar de Jesus

erupção_do_ser disse...

Ainda bem que nos encontramos neste tempo, transportando todo o tempo que nos fez crescer, criar como obras de um grandioso ser... e que ainda não parou.
E em como somos parecidos quando transformados pelo tempo.
Efectivamente vejo-o escrevendo com elevado tempo de criador.
Sem dúvida... surpreendente o seu tempo
Um abraço

Celamar Maione disse...

Como o tempo é importante.
Bela poesia falando do " tempo".
Desculpar ?
Adorei sua visita.
Obrigada pelas suas palavras.
Beijão

€ster disse...

Olá!!

€stou passando nos blogues amigos para convidá-los a participar da Blogagem Coletiva sobre “INCLUSÃO SOCIAL” que acontecerá no próximo dia 09/03/2009.

Ficarei muito feliz de poder contar com sua participação!
Se for participar, por gentileza, deixe um recado no blog Esterança.

Desde já, muito grata!

€ster

陳珊妮sammi disse...

cool!i love it!AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,a片,AV女優,聊天室,情色