quarta-feira, 1 de abril de 2009

RIR......


**************************

Eu estou, tu estás, ele está a rir
Nós estamos, vós estais, eles não estão
Então, estão a fazer o quê? A sorrir!
É mesmo diferente esta expressão

O nome deste poema é RIR
Para mim, para ti e para os outros
A mãe desta palavra vai parir
Pequenos risinhos marotos

Médicos dizem: rir faz bem à saúde
Portanto se não rir, morre mais cedo
Siga o conselho para não ir no ataúde
Das duas, uma, ou ri ou morre de medo

Brincamos, rimos e choramos
É forma de levar vida decente
Mas a verdade é que clamamos
Quando porventura nos dói dente

Quem ri vive mais cem anos
O que não quer rir não sabe viver
A esse aconselho a compra de panos
Para enxugar a falta de prazer

Ri de uma anedota e sê janota
O motivo é supérfluo e de pouca monta
Ri da piada da amiga Carlota
Mas não ligues que ela é tonta

Rir ou sorrir, eis a questão
Soltar uma gargalhada estridente
Ou alongar os lábios como o Gastão
Em esgar, como quem mente

Eu quero sorrir mais e sempre
Esse é o caminho da vida plena
Para viver bem e ter presente
Que rir vale sempre a pena

11 comentários:

Montani II disse...

Caro Eduardo,

lhe digo: sorrir é tornar nossa vida mais próxima do milagre da realização dos sonhos e satisfação nossa e dos amigos. abraço!

LUZIMAR disse...

Muito linda a poesia.

Gostei demais daqui.


Um abraço

Daniel Savio disse...

E rir com os amigos é ainda melhor...

Fique fique com Deus, menino Eduardo.
Um abraço.

J. Araújo disse...

Caro amigo Eduardo, passei para agradecer sua visita e aproveitar para retribuir o desejo de uma páscoa de paz, alegria e, acima de tudo de muita reflexão.

Um abraço

SAM disse...

_***
__**_**
_**___**
_**___**_________****
_**___**_______**___****
_**__**_______*___**___**
__**__*______*__**__***__**
___**__*____*__**_____**__*
____**_**__**_**________**
____**___**__**
___*__________*
__*____________*
_*____0___0____*
_*___/__@___\___*
_*___\__/*\__/___*
___*____W_____*
_____**_____**
_______*****


FELIZZZZZZZZZ PÁSCOA!!! Beijos, amigo!

Dulcineia (Lília) disse...

Olá Eduardo!!!!

Ãndava à procura do seu blog e não encontrava. Perco-me neste mundo, onde estou há pouco tempo e tanta coisa linda.
Mas, hoje encontrei-o!
Ai, que surpresa linda pra o arco-íris! Um poema sobre RIR!
Adorei o poema Eduardo! E vale tudo: anedotas, cócegas, falar de modo diferente, vídeos com a família!
Não dá mais 100 anos, mas uma média de 8 a 10, rs PARABÉNS!

E já agora, boa Páscoa!
Quando quiser passear sorrisos enbigodados lá pelo Arco, será uma honra!
Um abraço
Lília

Valter Montani disse...

Eduardo agradeço e retribuo a visita e o desejo de Feliz Páscoa, saudações!

Conceição Duarte disse...

Que gracinha o poema RIR!
Passo sorrindo e rindo, como a maior parte do tempo, pois sou cheia de bom humor! Acredito que tenha vindo no meu sangue!

DEsejo felicidades na Páscoa de hoje e sempre na sua vida, ao lado daqueles aque ama e é amado.

bj CON

Gaspar de Jesus disse...

Caro Eduardo
"Rir vale sempre a pena" é bem verdade!
Quero agredecer a sua amável visita, e dar-lhe os parabéns por este seu bem simpático Cantinho de Partilha.
Abç
G.J.

Serena Flor disse...

Saudades de Alguém
Saudades, um pedacinho de emoção
dentro da gente...
Um pedacinho de outra pessoa
dentro da gente...
Uma voz, um olhar, um toque.
De repente uma angústia.
Saudade do que não fez,
ou daquela vez.
Saudades...
Das coisas, do lugar, da pessoa...
De um beijo, de um carinho,
daquele jeito diferente...
Ou do sorriso, de repente...
Saudades de alguém...
Saudades de você meu amigo.
Beijos e ótima semana pra ti!

FaBiaNa GuaRaNHo disse...

Sorria
Sempre
é isso ai.
Conheci Fátima neste setembro e me encantei.
Abçs