sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Sonho de criança


»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

Nasci fruto de amor
De um amor feito de sonho
Vontade de dois seres
Que uniram suas vidas sem temor
De um Mundo frio e medonho
Sou filha de dois amores


******

Muitos não queriam que eu visse
A luz de um Mundo Novo
Meus pais quebraram amarras
Ouviram o que Deus lhes disse
Juraram amor de novo
Cantaram e dançaram ao som de guitarras


******

Foi assim que fui recebida
Ainda meus olhos não conseguiam ver
Mas já ouvia risos e palavras de amor
Em festa fui concebida
Com alegria foi saudado o meu nascer
E acolhida pelo Senhor


******

Sou feliz, mesmo carente de afecto
Daqueles que me olvidam e maltratam
Sofro por não ter direitos reconhecidos
Sou um ser frágil que precisa de um tecto
Com falta de alimento me matam
E atropelam todos os meus sentidos


******

Vivo um dia de cada vez
O que hoje tive, amanhã poderá faltar
Sinto tristeza por ser excluída
Peço aos adultos sensatez
Que me deixem correr e saltar
No seu seio ser admitida


******

Quero aprender a ler e escrever
Desejo ser alguém na vida
Por favor me ajudem a conseguir
Se há Deus, não vai esquecer
Esta sede, amargamente sentida
De não saber o que será o meu porvir


Quando uma criança não tem voz na sociedade, nós temos de o fazer por ela. Dou a minha voz àquelas que diáriamente sofrem a falta de amor, alimento, casa e educação.

2 comentários:

Úrsula Avner disse...

Caro Eduardo, um texto com mensagem de caráter poético e social forte e bonita. Um abraço.

Coisa Frágil disse...

olá Eduardo,
lindo texto....tem dois memes e selos p ti no meu blog....um é sobre uma campanha de uma criança: campanha viva henrique, precisamos passar essa campanha ....e outro é: esse blog me faz sorrir.

até mais